segunda-feira, 2 de outubro de 2006

Explicando o Casamento com gosto de vitória...


Em julho de 2006, estava eu acessando um site de notícias regional, quando me deparei com o link de promoções em que deveríamos mandar uma carta ou e-mail de até 40 linhas, contando nossa história de amor, - verídica - e a melhor história, faria a noiva viver um sonho tornar-se real.
A noiva teria direito a vestido, cabelo e maquiagem, estética, dia da noiva, ganhava uma aliança 18 quilates com brilhantes, noite de núpcias no hotel mais caro da cidade e um kit de lingerie com 10 conjuntos.
O que foi então que a amiguinha aqui de vocês fez? Escreveu sua cartinha contando o que basicamente vocês leram abaixo.Só que pedi ao meu (hoje esposo) amado para levar a cartinha para o correio. Provavelmente, ele ficou curioso para saber do que se tratava, e então, deve ter acessado o site para ver do que se tratava a promoção. Sem eu saber, ele também mandou uma carta, na verdade foi e-mail, mas foi graças a esse e-mail dele, que nós vencemos a promoção, pois ninguém no jornal acreditava que a história fosse real! Todos achavam que era coisa de filme, de novela... Onde já se viu: Uma deficiente, e um ex-futuro padre!
Só sei que no dia que recebemos o resultado, era 1º de outubro, dia de eleição, e eu estava sozinha em casa, meu amado havia prometido que depois que ele votasse, iria me buscar para me levar a zona eleitoral.
De repente meu celular toca, e é uma repórter do jornal: " oi Izabele tudo bem?" - Tudo! "Eu sou Cristina, repórter do Diário do Nordeste, você já comprou o Diário hoje?" - Não ainda não...Por que? "Não sei...Se você não comprou então, não sei de nada! Mas você me permitiria lhe visitar agora?" - Tudo bem...Mas, essa visita refere-se ao que eu tô pensando? "Não sei de nada...Dentro de 10 minutinhos, chego aí"
Pronto! Enlouqueci! Gritei, berrei e endoidei completamente! Liguei desesperada para meu amado, implorando para ele comprar um exemplar do jornal e vir urgente me ver, e contei o que houve...Ele não parava de rir no telefone...
10 minutos contados depois, a repórter chega super simpática e diz: É verdade, você é mesmo deficiente... Acredita que ninguém no jornal conseguia acreditar! - Depois disso ela sentou no sofá, olhou pra mim (eu já tava que nem vara verde, de tanto tremer) sorriu e disse: "Ah mulher...Eu vou dizer logo...Tu ganhou a promoção!" Pense no berro!!! kkkkkkkkkkk E chorava e ria e a repórter ria também e chorava também...
Quando finalmente meu amado chegou (enquanto não vinha, ela me entrevistava questionando tudo sobre nossa história) que ela o viu, ela disse: "Meu Deus!!! Ele realmente tem cara de quem ia ser padre mesmo!" Nossa! E aí, como você se sente por saber que as cartas de vocês foram publicadas no jornal?"
E eu: Cartas? Como assim cartas?
"Você não sabia? O seu amado mandou uma cartinha pra gente, contando a versão dele da história de vocês, e foi graças a história dele, que nos convenceu que não era nada inventado e por isso, vocês venceram"
O jornal publicou a carta dele na íntegra, a minha eles cortaram umas partes porque ele escreveu menos de 40 linhas...
Dos prêmios, só faltou mesmo as lingeries, mas parece que finalmente vou receber nesse sábado. Deu uma complicação, ao que parece, (bom, foi a impressão que me deu) o fato de ser deficiente poderia ser considerado uma imagem ruim para a marca da lingerie da promoção, e eles desistiram de me presentear o kit. Depois de muita confusão, o jornal conseguiu por outra marca de lingerie, a me presentear o kit, e ao que parece, nesse sábado, encerra-se tudo referente a essa promoção.
O mais engraçado de tudo, é que ficamos conhecidos...Íamos no super-mercado e as pessoas nos paravam, nos parabenizavam, beijavam e abraçavam dizendo que nossa história era muito linda e acompanhavam todas as novidades do casamento.
Depois desse dia no jornal, aparecemos mais 7 vezes de acordo com a aproximação do casamento. E a última vez que aparecemos de novo foi nesse último domingo, dia 10/06 para mostrar que a nova edição da promoção já está recebendo novas cartas para concorrer aos prêmios... Esse ano está mais chique do que os anteriores da promoção, mas o que eu ganhei, valeu a pena!