segunda-feira, 24 de setembro de 2007

O que é que está havendo?

Não faço idéia porque ando tão desestimulada com a vida, com as coisas, sem vontade de viver, sem vontade de fazer as inúmeras coisas que tenho de fazer, de seguir o rumo que minha vida tem. Já percebi que tô com uma crise braba de depressão, de recolhimento e sei que preciso agir logo para fazer as coisas darem certo.

Mas além disso, vem aquele pensamento de que adianta lutar e fazer de tudo pra tudo dar certo, se logo logo tudo isso pode acabar depois de um assalto, ou um mero mal estar... Tantos parentes meus estão partindo por conta de AVC. Será que meu fim será por um AVC? Será que aqueles planos de querer morrer bem velhinha realmente vão acontecer? E a conversa do maremoto que vai atingir o Nordeste -- o sertão vai virar mar... De que adianta então fazer tantas coisas, pra ter um fim assim?

Meu marido praticamente está me obrigando a ir para a casa dos pais dele, simplesmente pra ouvir piada de graça, seja por proteção ao meu casamento, que na língua deles é ciúmes, seja por coisas que temos de fazer não por querer mas por obrigação. Eu não sou, não fui e com certeza jamais serei bem-vinda aquela família que não se conforma do filho deles ter casado com alguém como eu... Mas vai tentar falar isso, que a conversa simplesmente é apenas se conclui em "não é o que você está pensando"... E assim devo calar, ao ver as pessoas da família dele tentarem fazer a cabeça dele pra dar abertura a ex namoradas, ex pretendentes e por aí vai...

Nem se estresse com que está lendo porque tudo isso é mentalidade de gente que está com depressão mesmo, então tudo o que se pode dizer é esperar essa fase ruim passar, e dar um novo rumo na minha vida.

Follow me @izabelesoeiro