sábado, 20 de outubro de 2007

Assédio moral + Manipulação + Falsidade = Ninguém merece

O que vou escrever agora é um desabafo, daqueles que há muito tempo eu deveria ter colocado pra fora, e não fiz, por medo do que poderiam pensar...

Já faz algum tempo que tenho percebido certas situações acontecendo ao meu redor, mas ao invés de fazer algo, eu relevava e tentava ignorar, seguindo minha vida...Mas chega um momento que tudo fica tão insuportável de um jeito, que se eu não desabafar, tudo desmorona.

Ando sofrendo muito com assédios, falsidade e manipulações.

Tem gente que só pensa em si, de crescer de qualquer maneira, e passa por cima daqueles que um dia, o ajudaram. Sofri esse golpe duramente, fui injustiçada e não tive direito de me defender. O que é pior, é que pessoas que poderiam me dar um voto de confiança, simplesmente acreditam nas palavras dos outros e não me dão oportunidade de dizer nada! Me julgam injustamente e me ameaçam e tudo fica por isso mesmo. Nada posso fazer. É frustrante e revoltante.

De certa maneira, se eu der nomes aos bois, as coisas podem complicar ainda mais para mim e isso pode até tirar minha razão, mas não há como dizer de outra maneira essas coisas.

Há uma personagem na minha vida, que me inferniza, fala mal de mim para outras pessoas (que depois me dizem e pedem para que eu me cuide para essa pessoa não me prejudicar) e faz de tudo para me deixar numa situação difícil. Me zanga ver essa pessoa se fazer de vítima, e determinadas pessoas até serem capazes de defendê-la, e assim, ser ameaçada, saber que estão de olho em mim, que se eu cometer qualquer deslize, eu posso perder o que tenho de mais importante, além do meu marido...

Ninguém tem coragem de bater de frente com essa pessoa, que faz questão de me deixar na saia justa, pois quando ela decide pregar alguém numa cruz, ela vai até o fim, até conseguir tirar a pessoa de onde ela está. Eu percebo de longe as atitudes das pessoas, eu vejo essa pessoa fazendo coisas para me prejudicar, e meu erro, é que eu não revido, eu não respondo, eu relevo, e acabo levando o perfil de vilã de tudo.

Por mais que eu tente fazer apenas o que devo fazer, por mais que eu me esforce, por várias vezes que ajudei, dei carona, tentei agradar, não adianta nada. Ninguém reconhece, pelo contrário...Me ameaçam.

Eu não sou falsa, não minto, não invento nada para ninguém, mas infelizmente, os que fazem isso, se dão muito bem.

Ninguém percebe que manda quem pode, obedece quem tem juízo é o tipo de pensamento que levo super a sério.

Agora me diz:
Como você se sentiria, ao pedir algo a alguém, que é tarefa dela, explica para esse alguém que deve ser feito daquela maneira, e esse alguém simplesmente lhe ofende dizendo que vai fazer do jeito que acha melhor. Que não vai fazer tal coisa naquele momento, porque tem mais o que fazer, mesmo sendo atribuição dela, você até se esforça para ajudar, e em troca recebe punhalada nas costas, mentiras, falsidades e ninguém chega pra você para querer saber se todo esse rojão é merecido ou não...Inventam, combinam e manipulam de tal maneira, que você se sente num beco sem saída.

De um lado, várias pessoas que estão longe, mas unidas para lhe destruir, só porque você fazia o que era sua atribuição.Se eu não fizesse o que eles queriam, eles planejavam coisas contra mim. Simplesmente lhe querem fora de algo que apesar de ter sido pura sorte de ter sido conquistado, mas que você preza muito e luta o máximo que pode para não cair em desespero e não desistir, não consegue mais imaginar uma maneira de fazer as coisas ficarem bem.

É duro você se esforçar em algo, acordar de manhã e achar que aquele dia será perfeito, e de repente, pode ser uma ligação ou pessoalmente, te destratam, mas são mais espertas que você, (que prefere perdoar e deixar pra lá) e inventam coisas, choram (fazem um verdadeiro teatro) fazem de tudo para que todos acreditem em suas versões de que eu sou um monstro.

É incrível a inveja das pessoas. O que elas são capazes de fazer para te deixar na mais completa miséria. É incrível como elas conseguem manipular as pessoas, fazê-las acreditar em suas versões e não sossegarem até conseguirem nos destruir.

Provavelmente você não está entendendo...Não estou dizendo coisa com coisa, mas é assim que estou me sentindo mesmo...muito confusa, triste, deprimida, porque simplesmente estou só.

Se eu faço tudo certinho, se eu cumpro com meu dever, eu incomodo. Se procuro agradar, ajudar o próximo, no final eu pago um preço muito alto e que simplesmente não entendo o motivo disso tudo. Estão sendo injustos comigo, muito mesmo.

E eu juro que estou tentando segurar as pontas da melhor maneira possível. Agüentar toda essa onda de inveja e raiva de mim, porque simplesmente se eu estou engolindo sapo vivo é para continuar a viver, a pagar minhas coisas no final do mês, é por real necessidade.

Continuo fazendo o que posso fazer para viver, mas se essas pessoas que estão longe, conseguirem o que pretendem, e essa personagem mais próxima de mim, também alcançar o objetivo dela, eu nada farei, mas Deus há de fazer com que paguem por tantas maldades e injustiças que me fizeram ao longo desses três ou quatro meses.

Queria poder encontrar uma luz nesse limbo...

Mas tenho fé em Deus, que os planos dEle são maiores para mim...

Porque: Quem se exalta, será humilhado...Quem se humilha, será exaltado.