quarta-feira, 4 de agosto de 2010

E aê amiguinhos, tudo bem?

Oi pessoal,

Sendo quarta-feira confesso a vocês, que hoje estou meio chateada... É que estou passando por uma situação no momento que não vale muito a pena ser comentado, sabe? Mas é o tipo de situação que preciso passar, para...sei lá, ter com o que ocupar minha mente, entende?

Porém, eu tô percebendo que provavelmente tem mais desvantagem na situação que estou passando do que vantagens. Se eu quiser, é claro que as coisas podem mudar a tal ponto que eu possa ganhar o destaque que eu gostaria mas estou na fase do preciso trilhar o caminho primeiro para depois obter as conquistas...

Nada que é realmente bom na sua vida, vem de forma fácil. Você sempre tem que passar por alguma coisa para merecer essa oportunidade. E eu sinceramente, mesmo sabendo desses passos todos que preciso trilhar, estou meio que...banqueira nesse quesito porque tudo é contra-mão pra mim... Um risco desnecessário já que a situação que estou vivendo realmente não compensa em nada. Só estou mesmo ganhando conhecimento e experiência.

Eu sei que uma coisa é querer e a outra é poder... Mas eu realmente queria muito conseguir logo uma oportunidade que me ajudasse a ter independência e despreocupação no que se refere aos cuidados com meu filho, entende? Não posso deixar tudo nas costas do meu esposo porque o salário dele também não é lá tão compatível com a formação e experiência dele. Não o reconhecem devidamente também, aí é complicado!

É frustrante demais você ser graduado, estar cursando pós e mesmo assim não ter mercado para profissionais do meu porte. Se eu quiser algo, eu tenho que começar do zero, sabe? Poxa vida, isso é muito triste.

Eu não tenho medo de voltar ao zero, o problema é o risco que a gente pode correr de graça por algo que a gente já sabe que não vale a pena e aí percebemos que praticamente estamos pagando ao invés de nos pagarem para trabalhar.

Outra coisa também que está tirando meu sono é a aproximação do aniversário do meu esposo. Queria comemorar sua data não só natalícia mas também comemorar nossos 6 anos e 8 meses de relacionamento e também seus 10 anos de empresa.

Queria fazer um jantar romântico, preparando um clima bem leve e especial para ele.

Claro que ele quer passar o aniversário com seus parentes e eu não vou negar isso pra ele, mas a noite, pelo menos a noite, será minha!

Queria preparar um jantar simples mas que fosse diferente... Um cardápio especial para ele, que ele percebesse isso de cara, sabe?

Se eu pudesse faria um cenário mais ou menos parecido com esse aqui:


Na nossa noite de núpcias, nossa cama estava com pétalas de rosas formando corações, laços, enfim.... Toda uma produção bem especial e bacana, mas não sei se vou conseguir... Vou tentar... Pelo menos isso... Queria que ele lembrasse desse dia. Queria que houvesse olhinhos revirando de tanto prazer para meu amado esposo! hehehehehe ツ

Bom, agora eu lembrei! Não posso comentar muito porque tem fofoqueiro de plantão visitando meu blog e às vezes, meu esposo também visita o dito cujo aqui.  Não falo mais nada, senão estraga tudo!

Um xêro pra vocês e qualquer novidade, eu posto aqui, tá bom? Prometo!