quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Coisas que nos fazem pensar...

O que tem em inglês é o seguinte:

* Este é meu amigo Steve, se despedindo de seu irmão, que estava indo para o Iraque.

* E este é o mesmo amigo meses depois, no funeral do irmão. Se despedindo pela última vez.

*Essas imagens provavelmente não farão o mesmo efeito em vocês pessoal, da maneira que fazem para mim, mas elas ainda são muito fortes.

Aí você vê uma situação assim, e pensa... Poxa vida, porque esses políticos, ditadores, militares e oportunistas não escutaram direitinho a música IMAGINE. Enquanto esses voltavam para suas casas, porque não se arriscaram em nada, pessoas como a família do rapaz aí, sofre por toda sua existência.
E não basta apenas comparar a situações de guerra no Iraque ou coisa assim. Aqui no Brasil, a guerra de interesses é tão doentia e patética. Pessoas inocentes morrendo por futilidade, por despreparo policial, por ignorância e arrogância de quem não deveria estar ali para nos defender. E às vezes, chega ao ponto da população aceitar a proteção de um bandido armado até os dentes do que da polícia, que atira pra matar e depois pergunta o que aconteceu.

Ninguém sabe o dia de amanhã. Todos os dias, eu saio de casa e fico rezando mentalmente para que Mãe Rainha e meu Irmão maior, passem na frente e abram meus caminhos. Me livrando de todos os males... Mas ninguém sabe... De repente, você está ótima e quando menos espera, dobra a esquina e leva um tiro, ou é violentamente assaltada, humilhada (sendo chamada de vagabunda ou coisa assim) e espancada de graça por um mísero celular que não vale mais nem 50,00 ou então apanha porque não anda com dinheiro ou coisas de valor e fez o assaltante perder tempo

Nada disso aconteceu comigo, mas faz a gente pensar, visto depoimentos de quem passou. Eu soube de um fato em que um empresário foi tentar defender a esposa de um assaltante e levou um tiro na testa. Morreu na hora. Outro caso que houve quando um casal chegava da missa e foi abordado por assaltantes, no nervosismo a vitima foi soltar o cinto de segurança e levou bala de graça...

São riscos que corremos todos os dias e não podemos prever. É o famoso ORAR e VIGIAR. Ninguém tem o poder de saber o que nos espera amanhã... A não ser nosso Pai...

Acho que além de dizer, "viva a vida intensamente como se fosse o último momento" temos também de pensar em nossas ações para quem está ao nosso redor e o que essas ações podem significar depois...