quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Alguém tira esse gato da minha garganta?!

Bom dia pessoas...

Enquanto tem gente que odeia ficar gripado por causa de espirros constantes, nariz escorrendo, febre e dores de cabeça e no corpo, não há nada pior, na minha humilde opinião do que a garganta irritada!

Putisquitubinga!

Aí quando você menos espera, fica tentando respirar pela boca porque o nariz tá entupido e sabe lá Deus porque, tem momentos que nem puxar o ar pela boca você não consegue...

Mudar de assunto que é melhor...

Caramba...Um dia eu ainda vou apanhar por permitir que a minha mania de sinceridade tome de conta do meu ser. Eu preciso aprender a ficar calada!

Visivelmente eu percebi que chateei uma pessoa...E agora, existem dois rumos a tomar... ou perco a amizade ou serei perdoada... Me desculpei mas é o tipo de situação que só daria certo se fosse pra conversar pessoalmente, porque olhando nos olhos, a pessoa saberia que eu estava sendo sincera no que estava tentando dizer e poderia me explicar melhor. 

Palavras ditas dessa forma, (digitada) são frias, não demonstram os sentimentos de quem as escreve...podem ser lidas e interpretadas de várias maneiras. Tipo, eu estou digitando isso aqui numa expressão como quem tenta se explicar de forma carinhosa, amiga... Mas quem me garante que alguém está lendo isso aqui e pensando que eu estou p$%# da vida, digitando isso aqui, em tempo de quebrar as teclas do teclado? #Nevermind

Se desse para eu me explicar direitinho, eu diria que de tanto que estou acostumada com o comportamento das pessoas quando me veem, eu já relevo e deixo pra lá. Pensando melhor, vou ficar calada mesmo porque é capaz de piorar e muito! Não posso prejulgar alguém baseado no comportamento de outras pessoas!

Essa pessoa sabe o quanto a considero hoje mas enquanto convivíamos no mesmo local, obviamente ela nem sonhava da admiração que eu tinha, da fama que essa pessoa provavelmente até hoje possui e com certeza já deve ter aumentado ainda mais! Mas o que quero dizer é que eu entendia o motivo dessa pessoa ser reservada comigo enquanto tínhamos contato pessoalmente... Não deveria ter usado uma palavra tão forte quanto a que eu disse, mas agora é tarde pra lamentações.

A questão é que a pessoa ficou tão chateada com a palavra que eu usei que ignorou toda a frase contextualizada que dei. Nunca vi alguém repetir tantas vezes uma determinada palavra numa única sentença...Infelizmente essa pessoa ignorou ou não considerou o início da frase "...e você pareceu..." Eu não estava afirmando, eu estava comentando que parecia algo, que dava a entender, como essa mesma pessoa depois disse: que causava a impressão...

Meu anjo, se você ler o post de hoje, sabes que me refiro a você. Me perdoe, de verdade... Não tinha e nem tenho o menor direito de julgar suas ações até porque o que eu conheço a seu respeito não é suficiente e não me dá o luxo de considerar nada.

A única coisa que sei é que você é uma pessoa incrível, que eu tive verdadeiramente a honra de conhecer, sou até capaz de agradecer a Deus por ter saído porque tive a chance de falar mais com você mesmo sendo online e reconheço que estou perigando perder a oportunidade de ser considerada parte de seu círculo de amizades por causa das minhas frescuras por tanto apanhar pelo preconceito alheio...

Espero que possa me considerar sua amiga um dia... Sorry... =(

Bom gente...vou ficando por aqui...Tenho que finalizar umas coisas hoje, sem falta!

Xêro no ôi! >.o