quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Tenta imaginar essa cena...

Oi gente...

Estou realmente arrasada hoje. Tive um sonho que vou comentar aqui com vocês, que a moral da história se aplica a situação que estou vivendo, mas à primeira vista, pode parecer coisa de gordinho querendo comer...

Eu sonhei essa noite que estava com meu esposo e filho, e eu lembro que só tinha um determinado valor em dinheiro comigo e estava com muito calor e sede. Porém, iria comprar um sorvete, tipo o Cornetto, para que meu bebê se alimentasse porque era a única coisa que tinha pra vender.

Super orgulhosa e coruja, comprei o sorvete para meu filho e meu esposo, debochando, pegou o sorvete de minhas mãos, abriu, começou a comer sozinho, o bebê começou a chorar, eu me irritei exigindo que ele devolvesse o sorvete para a criança, e o que ele fez foi pegar o cornetto e despedaçar com as mãos e jogar no chão.

Eu acordei aos prantos chateada e frustrada com o sonho. E a única palavra que me vem a cabeça em relação a esse sonho, foi identificar o egoísmo profundo que meu marido teve. Além disso, considerei crueldade.

Uma onda de emoção e revolta tomou conta de mim e foi complicado conseguir dormir novamente. 

Meu bebê acordou e veio choramingando para mim e sinceramente acredito que ele veio mais para me confortar do que para dormir. Parecia que ele entendia o que eu estava sentindo...

Foi uma cena altamente frustrante, porque o que eu notei no sonho foi que ele fez algo na intenção de me provocar, me prejudicar e me chatear. Isso não é atitude de uma pessoa que está pensando no bem da sua família. Está pensando apenas em si mesmo e o resto que se dane.

Eu lembro que antes de acordar, eu dizia aos prantos no sonho: "Poxa vida, depois de tanto sacrifício que eu fiz pra te agradar, tu nega isso pro teu filho! Teu egoísmo é uma doença!" e a resposta dele era só: "Minha filha, você tem que aceitar as coisas, ficar do meu lado porque a minha realidade não é essa".

Jamais! No primeiro resquício de atitude contrária a felicidade do meu filho, pode ter certeza de uma coisa, eu viro uma leoa. Eu abro mão de tudo, dou minha vida por ele, mas não admito que tirem dele a felicidade que ele merece, que tanto sonhei e que faltava tão pouco para ele conseguir alcançar.

É sério, gente... Não tô bem mesmo... Mais tarde, se der, eu vou postar alguma coisa que preste, mas por enquanto, fica esse desabafo.

Tenham um ótimo dia!

Follow me @izabelesoeiro