segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Deficiência Física X Sexo

Oi pessoas, bom dia!

Como foi o fim de semana?! Caramba, tanta coisa rolou que nem oportunidade de pegar a câmera pra colocar as fotos do aniversário do meu bebê no meu perfil social, não tive "tchânche"...Tem nada não, depois eu vejo isso.

Recebi pelo FormSpring.Me uma perguntinha caliente:

Miudinha, tenho tetraplegia, sou virgem mas decidi que não serei mais. Porém, queria dicas de posição para minha situação pra me preparar e não ser surpreendida. Beijo!

Certo meu anjo,  é o seguinte. Independente de quem quer que seja o escolhido, não deixe de se proteger. Use camisinha, tá?

Olha, acredito que não hajam posições específicas para pessoas com tetraplegia. Todo mundo pode fazer qualquer tipo de posição, respeitando seus limites físicos.

O tradicional papai-mamãe daria muito certo, assim como uma posição do Kama Sutra que teve esse apelido meigo de "Desafio Sugestivo"


Essa posição é fácil de fazer... Peça ajuda dele que tenho certeza que ele não negará! ^^

Deite-se de barriga para cima e abra as pernas. O rapaz se ajoelha entre elas e senta-se nos próprios calcanhares. Ajeitem suas pernas sobre as coxas dele e relaxa meu anjo, que o serviço é dele!

Outra posição que dá certo, é uma que eu aprendi sob orientação da Rede de Reabilitação SARAH, que é deitarmos de bruços e deixar uma perna cair para fora da cama, o rapaz se deita por cima e encaixa. Ou então, ele coloca uns travesseiros embaixo de você e assim te eleva um pouquinho, facilitando a penetração.

O meu tipo de limitação é meio paraplegia, tenho certa mobilidade mas determinadas posições não rolam pra mim, e às vezes isso me frustra, mas a gente tem que tentar usar o plano B. Nunca esperar só aquela situação e pronto. No meu caso, eu adoraria poder ficar por cima do meu amado, mas não rola porque eu não posso dobrar os joelhos, porém, tem essa posição aqui que é paliativa.
 

De barriga para cima, ele se deita com as pernas fechadas e estendidas. Então  a gente senta  em cima do membro encaixando-o na vagina, de forma que seus joelhos estejam flexionados e seus pés próximos às orelhas do parceiro. Para ficar firme, apoie as mãos nas coxas dele; é o rapaz quem controla os movimentos.

Divirta-se!
Nesta posição, ele pode beijar suas pernas e te acariciar! Bônus: como você está com as pernas pouco abertas, os músculos vaginais tocam o membro dele com intensidade e potencializam o tesão!

E aê meu anjo...Ajudei ou compliquei?

Pois é, dia desses estava perambulando no YouTube e encontrei uma propaganda bem interessante para o público cadeirante, aliás não só pra eles, mas enfim...Refere-se a uma cadeira com mola e pequena esteira que ajudam o cadeirante a se mover para outras posições que não seja a deitada. Disponível no site: http://www.intimaterider.com/




Eu acho muito interessante o comportamento da nossa sociedade porque é capaz de encontrar pessoas que debochem desse tipo de produto, como também tem pessoas que ficam chocadas, horrorizadas porque achavam que pessoas como nós, não tem vida sexualmente ativa.
Cada pessoa conhece seus pontos fortes e fracos, sabe até onde pode chegar...Sinceramente, quando tem sentimento em jogo, quando a pessoa está apaixonada, seja limitada fisicamente ou não, ela topa tudo pra satisfazer o outro, não é não?

Aqui, um clipe de uma novela mexicana (adoro novela mexicana ^^ ) onde um casal mostra direitinho como conseguem dar um chega-prá-lá na limitação dela e curtir o amor que sentem. (Apesar das loucuras das pessoas preconceituosas ao redor)



Amiguinha, espero tê-la ajudado de alguma forma. Na hora mesmo, a gente esquece tudo! Texto decorado, poses e caras...O que importa é você estar se sentindo bem e ele também, te respeitando tanto como pessoa como também em suas limitações.