quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

E isso é problema meu?

Bom, tudo o que posso comentar com vocês sobre o episódio entre o delegado folgado e o advogado deficiente é que essa situação não é a primeira e nem a única a ocorrer no país e no mundo...

Gente folgada é o que não falta. Cheios de razão, essas pessoas querem porque querem nos fazer aceitar seus motivos escalafobéticos para nos fazer perder os nossos direitos, mesmo que seja considerar a esposa grávida como um caso especial que lhe dê o direito de usar uma vaga destinada a PORTADORES DE DEFICIÊNCIA. Não sabia que gravidez era caso de deficiência, poderíamos fazer uma análise da situação que a mulher fica, modificando seu corpo por conta do bebê e assim considerar uma deficiência?! ¬¬ Whatever!

Mas o que me impressiona não é apenas isso. É o comportamento das pessoas com os Portadores de Deficiência. Agem de uma maneira ainda mais desrespeitosa do que antigamente. Antes, a educação do papai e da mamãe dizia pra gente não ficar perguntando em alto e bom som, de modo a nos fazer notar, por que fulano é assim ou assado ou olhá-lo de maneira que o constranja, mas hoje?! Menino, é um absurdo! Te tratam como uma porcaria qualquer, um defeito, um atraso de vida, algo que só atrapalha, que toma a oportunidade de uma pessoa "normal" e te diz assim, na cara lisa... Putz, fala sério?!
 
Dia desses comentei com vocês aqui no blog sobre a abordagem que me fizeram e que o cara além de me ofender na rua, queria me agredir... Só porque sou deficiente. É complicado... Esse advogado tem sorte de estar vivo. Abuso de poder foi algo que considerei de maior gravidade nesse caso do delegado folgado mas independente disso, o advogado teve muita coragem de expor essa situação e eu sou mais uma nessa passeata de indignação e chateação (pra não dizer revolta), mas o pior é que é bem capaz do advogado responder algo por desacato de autoridade ou sofrer alguma ameaça ou...Anyway...Oremos depois dessa...
 
As pessoas no mundo atual não se importam mais com as outras. Dizem ser boas, que ajudam o próximo, mas em pequenas atitudes, são extremamente folgadas, aproveitadoras, mesquinhas, egoístas e se acham no total direito de ofender o outro mesmo sendo o direito dele naquele momento.
 
E se você cair na besteira de ser gentil com alguém? E se quiser agradar alguém sem motivo algum? E se quiser dar um presente? Inúmeras interpretações escalafobéticas menos a real. VER A PESSOA FELIZ, nada mais... É triste!!
 
É uma raiva repentina que sentem por qualquer frescura que ocorra, não tem capacidade de olhar no olho do outro e desejar um sincero BOM DIA, é deprimente... Cumprimentar, é porque quer algo em troca e se fizer uma gentileza é porque tá a fim da pessoa... ¬¬ Ow mi Deus!! Ave Maria!! >.<
 
Numa hora dessas é que eu verdadeiramente espero que 2012 ocorra como prevêm. Arrasta um monte dessas pessoas individualistas que só querem as coisas pra si e as que sobrarem criam vergonha na cara e se tocam que lá em cima tem alguém que é o único a responder suas queixas, questionamentos e dúvidas: DEUS!
 
Tudo acontece de acordo com os nossos merecimentos. Se você planta algo, fique certo de que a colheita é obrigatória e vem mesmo!
 
Bom, a dor do parto é grande mas eu tenho que partir... Preciso estudar... Relembrar de umas fórmulas do EXCEL como PROCV, Concatenar, SOMASE e por aê vai...
 
Tudo de bom para todos nós! Fiquem com Deus! ^^