domingo, 10 de abril de 2011

Chateada #modeON

Ontem o dia foi puxado mas foi um dia bom.

Deu início com uma chuva forte, com direito a relâmpagos e trovões (Coisa que eu adoro! Quem me conhece, sabe bem...) Então, com isso você acaba perdendo a noção do tempo e quando olha pro relógio, já tá mais do que na hora de sair de casa pra ir pro curso de inglês...

Primeiramente fui deixar meu esposo e filho na casa da sogra e de lá, pro curso... Bom, essa era a intenção... Na volta, me vi cercada de um verdadeiro riacho, mais de 5 carros com o capô levantado (no prego), tanto pra quem vinha, como pra quem ia... Eu acho que o Corolla não tem dispositivo submarino, então achei melhor voltar...Mesmo sendo contramão... Mas consegui... Quando cheguei numa rua alternativa, quase tenho um troço... Um carro bate no outro e carro que levou a batida simplesmente explode... Sei lá explicar como foi que aquilo aconteceu... Eu tomei um pátchia susto!

Peguei a primeira rua que podia dobrar e saí de perto... Tomara que as pessoas que estivessem no carro estejam bem, mas como meu carro é também com gás natural, eu não tinha nada que me aproximar, né?

Pedi socorro a um amigo e ele me ajudou a sair daquela confusão...Chegamos em cima da hora no curso mas felizmente ainda tinham vagas próximas e menos arriscadas para deixar nossos respectivos carros.

Na volta, tivemos mais um pequeno momento de emoção e aventura mas deu pra chegar ao destino direitinho... Buscando o marido novamente e o Rehael, fomos pro Shalom.

Daí, vem minha chateação, tema do post de hoje...

Ao chegarmos lá, fui tomar meu café da manhã/almoço/lanche da tarde na lanchonete, enquanto aguardava a chegada dos pastores. Quando começou a pregação, convidaram uma pessoa lá e este digníssimo resolveu atacar as outras crenças religiosas... Parecendo um evangélico daqueles bem revoltados que deixa qualquer ser humano se perguntando que besteira é essa... ¬¬

Pra variar, o criatura ataca especialmente e particularmente o espiritismo. Diz que infelizmente participou de um Centro Espírita por dois anos e que a família dele ainda se considera espírita...

Não sei qual era o Centro Espírita de esquina que esse sujeito frequentava mas ele viajou legal falando coisas absurdas e risórias sobre o que ele acredita ser o espiritismo...

Foram constantes insultos, dizendo que é o demônio que dá um jeito de fazer as coisas acontecerem, de se comunicar com você, além de ter insultado visivelmente o ilustre médium Chico Xavier, por conta do filme "As mães de Chico"...

Eu respeito e tolero muitas coisas referente a todos os tipos de crenças religiosas mas não admito intolerância e desrespeito com a crença dos outros. Dizer que os espíritas não consideram Jesus, não acreditam na Santíssima Trindade, nem em Ressurreição... Putisquitubinga! E que na "religião" espírita (pra mim é doutrina, mas tudo bem) "eles" têm até um Evangelho específico deles... Ah...Pel'amor de Deus! Quem realmente conhece, jamais diria essas coisas... Muito me admira uma pessoa dizer algo dessa forma depois de passar dois anos... Deve ter sido realmente um Centro de esquina... Dizer que espiritismo e macumba são a mesma coisa... ¬¬ Fala sério!

Tem muitas coisas no Shalom que eu gosto e admiro muito, outras coisas não são lá de meu gosto, mas por consideração e respeito, eu procuro entender e relevar mas ontem, quase que eu digo Tchau pro Shalom por conta desse comentário infeliz...

Me mostre UM comentário que seja de pessoas de nível do espiritismo que tenha criticado com tamanha arrogância e ignorância sobre outras religiões?!

Muito pelo o contrário: A resposta que sempre ouvi sobre esse tipo de assunto é: "Respeite a crença do próximo porque Deus é um só! Não julgue, para não ser julgado."

Uma ótima semana a todos e tomara ter chance de assistir o filme As mães de Chico Xavier porque eu sei o quanto esse filme deve ser belíssimo, baseado em fatos reais e com histórias de amor maternal que vão além da vida e maravilhosos ensinamentos para sabermos valorizar ainda mais àqueles que estão ao nosso redor.