domingo, 26 de junho de 2011

E quando ele quer e você não?!

Oi pessoas... Tô com um probleminha aqui...

Como a gente faz quando nosso digníssimo amado nos procura e a gente simplesmente não consegue nem permitir dar o início?

Será pela falta de jeito de como fazer para criar um clima apropriado? Será que devido a rotina, o fato dele procurar pros finalmente, simplesmente me faça sentir repulsa? Será que sou frígida?


Bom, sei que há casos e casos, certo? Existem mulheres gestantes que tem um fogo que o digníssimo pena que só pra dar conta de apagar, mas ao que parece, eu faço parte das que está no Alasca, não sente a menor vontade.

O mais estranho, é que ando sonhando com essas mesmas situações que ocorrem enquanto estou acordada, mas sendo eu a pessoa rejeitada na história. Nossa, a sensação é terrível. Eu até procuro lembrar disso quando ele está fazendo carinho em mim, mas não rola! Não dá! >.< A sensação do desconforto, da não aceitação de meu corpitcho do jeito que está no momento, são extremamente broxantes! Ainda mais quando ele me procura fazendo gestos e falando coisas que não são nada atraentes e românticas....

No começo, antes dos filhos aparecerem em nossos pensamentos, nós tínhamos uma vida sexualmente ativa, bem ativa mesmo... Com direito a fantasias, brincadeiras e qualquer coisa que não ficasse na rotina... Hoje em dia as coisas esfriaram a tal ponto de deixar a própria Feiticeira Branca das Crônicas de Nárnia de queixo batendo de tanto frio...

O que lasca, é que pesquisando na internet sobre o assunto, tipo assim, o que devo fazer -- Dou de cara com informações nada a ver do que estou passando... Nesse trimestre, normalmente a mulher tá um fogo só! Putz! E o que mais lasca ainda, é que ficam dando dicas de determinadas posições, mas tipo assim, esqueceram de pensar em posições para pessoas fisicamente limitadas... ¬¬ Altamente fodético...

Adoraria importunar minha amiga Janaína Pupo nessa hora mas sinceramente acho que ninguém merece perder seu divino tempo dando conselhos para esta cabecinha dura aqui... 

Complicado... O mais complicado é que eu já sei as respostas de tudo o que está acontecendo, mas bem que ajudaria muito se meu digníssimo pudesse voltar ao tempo de príncipe encantado do que em verdadeiro Shrek em seus momentos mais nojentos... Urgh!