segunda-feira, 11 de agosto de 2014

Chuva de Meteoros Perseídas!

Você já teve a chance de assistir isso aqui, ao vivo?


É uma chuva de meteoros, no caso, essa chuva de mesmo nome aconteceu em 2010. Não sou muito entendedora na área meteorológica, astrológica, estelar... Sei lá... Mas pelo o que entendi, dependendo de onde a Terra esteja girando, e onde seja o horizonte, eles nomeiam essa chuva com um nome...

Eu já tive a oportunidade de ver a olho nu mas foi no interior, na fazenda dos meus avós... Bem longe da cidade grande... Escuro total, tendo apenas as estrelas cobrindo minha cabeça... Acho que foi no ano 2000 ou 2001... 

De repente, começou a aparecer umas estrelas cadentes, e em seguida, uma verdadeira chuva com vários meteoritos esverdeados rasgando o céu e dava até para ouvir o som... Eu tive pela primeira vez a ideia de que nossa Terra é redonda... Não sei explicar mas ficou muito óbvio. 

Minha amiga ficou com muito medo (reconheço que intimida) mas eu acompanhei do começo ao fim. O pico realmente é a partir de uma da manhã até duas e meia... 

Acho que quem fica na cidade, devido a iluminação urbana, acaba perdendo grande parte do espetáculo. O bacana é ir para um lugar onde você possa estar distante da iluminação da cidade.

Bom... Se você ficou curioso(a), olha uma nova chance para acontecer na madrugada do dia 11 ao dia 12. Ou seja, nesta madrugada!

No facebook, há o evento onde você pode acompanhar a transmissão ao vivo e maiores detalhes sobre o que é e o que esperar: Transmissão ao vivo: Chuva de Meteoritos


O fenômeno terá seu pico observado entre os dias 11 e 12 de agosto e será mais intenso que a última chuva. Todo ano a Terra cumpre sua órbita em torno do Sol, translação. Ao passar por certo lugar do espaço onde há vários meteoros, que vão do tamanho de grão de areia até maiores que um carro (quando as proporções são maiores podem chegar a atingir o solo), mas na maioria das vezes não passam de apenas riscos no céu. A gravidade terrestre puxam-nas para o planeta e a atmosfera cumpre sua tarefa queimando-as pela densidade do atrito com o nosso ar. Para nossa sorte.

A Chuva de Perseidas é chamada assim porque os meteoritos partem de dentro da constelação de Perseu, que fica entre o Norte e o Leste, próximo ao horizonte. Se fossem em Leão o nome seria Leonídeas e assim sucessivamente. As Perseidas são ocasionadas pelo cometa Swift-Tuttle, que ao passar por aqui (sistema solar) deixou vários detritos no espaço e a Terra todo ano passa pela órbita do cometa.

Não há necessidade de observação com algum instrumento astronômico. Se você se interessar em assistir esse espetáculo da natureza, fique de olhos atentos na direção que escrevi acima e prepare-se para ver cerca de 60 meteoritos. A máxima da chuva é na madrugada do dia 12 de agosto às 03:00 Horas. São de brilho intenso, com cor clara ou branca e rápidas.

Acompanhe a transmissão ao vivo a partir da meia noite do dia 12/08/2014!

Link para transmissão: http://goo.gl/fo9POu