terça-feira, 25 de outubro de 2016

As novidades de novembro!!

Arquivo pessoal
Oi pessoas,

Foi muito legal o passeio que tive com meu papai, viu? Muitos se emocionaram com minha mensagem no último post e estou aqui rapidamente comentando como foi.

Acabou que viajamos para Canindé, e participamos de uma palestra de um conceituado orador. Foi muito agradável. Conversamos sobre o passado, relembramos conversas antigas, ele também relembrou momentos de minha infância, dificuldades que tive e fez um balanço, acreditando ele que eu estava passando ainda por momentos difíceis em minha vida.

Comentei e o deixei a par da minha vida o suficiente para que ele entendesse que estava indo tudo bem. Que o pior já havia passado. E passamos a noite na fazenda. Foi diferente apenas nós dois naquele enorme casarão, mas foi revigorante. Na madrugada do dia seguinte já estávamos voltando para Fortaleza e tudo deu muito certo, graças a Deus.

Daí então, que ontem ele me ligou novamente. Já estava imaginando que seria outro passeio, mas era apenas avisando que eu tinha consulta no SARAH no dia seguinte. Achei estranho, mas tudo bem. 

Quando cheguei no SARAH (felizmente em cima da hora), foi que tive a surpresa! Não era consulta para saber como estava minha adaptação com a órtese sem o tênis, para evitar que meu pé persistisse em inflamações e íngua na virilha... Era a tão sonhada orientação para preparação para fazer musculação ou alguma atividade física adaptada no SARAH!

Fonte: sarah.br
O SARAH é mega equipado e tem uma estrutura ímpar para ajudar pessoas com limitação física a conquistar mais independência e liberdade. É necessário passar por toda uma burocracia para ser admitido por eles e ter todo o acompanhamento, mas uma vez que você consegue! Comemore, porque é pro resto da vida!

O SARAH faz parte da minha há mais de 12 anos, e me admitiram por me considerar a única adulta com mielomeningocele, no Ceará. E desde então, minha órtese não tem nenhum custo, gratuitamente eles nos acompanham com exames com tecnologia de ponta e assim, decidem o que é melhor para a pessoa com deficiência.

Eu tive uma experiência muito infeliz a um tempo atrás, onde achei que poderia fazer academia como qualquer pessoa pode fazer. Achei que na academia que fica na esquina da minha casa, eu teria o suporte necessário para iniciar um acompanhamento com um tipo de profissional trainer. Vacilei feio. Deixei o SARAH ciente da situação e eles se indignaram tanto quanto qualquer pessoa que tenha sabido desse episódio na época. Porém, para ter acompanhamento, era necessário participar de uma lista de espera.

Imagem ilustrativa
Então hoje, eu tive a feliz notícia que a espera acabou! E eu confesso que eu nem me lembrava mais. Achava que tinha ficado por isso mesmo e tinha deixado pra lá.

Meu terapeuta responsável conversou comigo a respeito... Depois que eu me acalmei, né? Porque pensa numa pessoa mega feliz com a notícia.  Ele esclareceu minhas dúvidas, orientou como faríamos e formalizou então o convite para que eu entendesse que aquilo era sério! Era real mesmo!

O mais legal também do SARAH por ser super equipado é que todos os equipamentos para musculação e outras atividades, são adaptadas porém, são as mesmas em qualquer academia. A diferença é apenas retirar o banquinho e colocar a cadeira de rodas no lugar, como mostra a imagem ao lado.

Como minha deficiência é uma paraparesia, eu farei um acompanhamento em que vai trabalhar não só os ombros, braços e pulsos, como também, farei atividades para pernas, quadril, abdominal e etc... É inacreditável pra mim. É aquela sensação boba de "me sentir normal como qualquer pessoa", mesmo sabendo que eu sou "normal" como qualquer um, mas as limitações existem, assim como o preconceito de determinadas pessoas em querer acompanhar uma pessoa com deficiência numa atividade física.

imagem ilustrativa
Mas uma coisa é certa e felizmente já está com um tempo que não faço mais: tomar refrigerante constantemente. Hoje estou mais adepta da água e dos sucos. Claro que não vou bancar a fitness aqui dizendo e receitando coisas para emagrecer e depois você me ver comendo pizza com Sprite por aí... Isso eu ainda faço. Não dispenso também meu doritos com refri, porém já faz um bom tempo que não como besteiras... Só que não me privarei se eu ver uma comida que eu gosto dando sopa, né? 

Mas tenho consciência que é necessário fechar a boca e comer coisas mais saudáveis. Quanto mais envelhecemos, mas nossos cuidados precisam se redobrar para garantir nossa saúde. Vai ser complicado organizar minha tabela e cardápio nutricional, sempre brigo comigo mesmo por isso mas tenho que criar vergonha na cara. Fiz a dieta Dunkan naquele tempo, consegui até perder peso, mas acho que duas semanas depois já tinha conseguido mais que o dobro do peso anterior. E não faço ideia do meu peso atualmente. Mas precisarei saber para a próxima aula na academia do SARAH.

Após esse acompanhamento, eles irão então me liberar, com um laudo e atestado informando que estou apta para realizar determinadas atividades físicas em qualquer academia dessa cidade. E eu vou me esforçar ao máximo para aprender e decorar todas as aulas para que na prática necessidade, eu não tenha realmente que depender tanto de um personal ou orientador quando for em uma academia.

E se, mais uma vez eu tiver que aguentar preconceito de donos de academia dizendo que meu lugar não é ali, que meu lugar é em clínica de reabilitação ou hospital, eu esfrego o laudo nas ventas dela e procuro outro lugar. Que nada, eu sou besta... Eu fico calada - indignada - mas busco, obviamente, outro lugar... Provavelmente será o SESC, por já ter o projeto SESC Ativo...

Só sei que fiquei mega feliz com essa notícia porque eu sei que sou capaz e estou mega motivada em aprender tudo. Quem sabe eu não compartilhe por aqui alguns exercícios para quem quiser perder uns quilinhos e ter um corpinho mais definido?

Lembrando que essa minha necessidade, não é bem por vaidade ou superficialidade... A questão é real necessidade de perder peso para que meus pés não sofram mais com inflamações por excesso de peso, machucando pelo atrito na órtese. Tudo dará início em novembro e eu mal posso esperar.