segunda-feira, 17 de abril de 2017

Desafio da Baleia Azul, 13 Reasons Why... Sociedade tá doente mesmo...

Sobre 13 Reasons Why tem spoiler por aqui...

Oi pessoas,

Hoje o assunto é meio punk mas necessário de comentar... Eu conheço os dois lados da moeda, vou deixar aqui então o que penso sobre esses assuntos tão polêmicos que estão rolando recentemente... Te prepara que vem textão!

Depressão

Isso não é uma coisa legal de ter, é um tipo de areia movidiça que se você não tomar cuidado ele pode te tragar por completo...

Não é uma sensação de tristeza ou frustração de algo... Isso vai além. É você se perceber sem estímulo para querer continuar vivendo. Querer passar mais tempo dormindo para que o dia passe logo porque você não quer sair de casa, não quer fazer mais nada.

É você não conseguir dormir no horário devido porque passou o dia todo na cama, e então, os pensamentos ficam remoendo ainda mais e acaba causando insônia.

É você não querer comer ou então se empanturrar e acabar obeso e sedentário. É você se considerar inútil e ouvir da sua própria família essa afirmação. É achar que se você morrer, vai fazer um favor pra todo mundo. Que não vai fazer diferença pra ninguém.

Não é nada daqueles memes engraçados que perguntam se tem algo melhor na vida do que ficar dormindo.

Nem que é fofo preferir se isolar porque se magoou profundamente com a atitude de alguém... É algo que só quem sente na pele a emoção consegue dimensionar o tamanho do problema.

Claro que eu levo na esportiva quando vejo esses memes, eu sou uma que curte Chapolin Sincero, Coisas da Kat, Nazaré Amarga, Chloe e por aí vai...

Mas cada tom de brincadeira, tem sua verdade...Ok?

Não estou querendo dizer que qualquer postagem dessas possa considerar então que a pessoa está sofrendo depressão, mas existem postagens por aí que você começa a pensar, a lembrar situações que te incomodam e é aí que me pegam... Uma postagem até inocente, acaba machucando porque te lembra algo doloroso e isso afeta nosso psicológico.

Mas existem aqueles que fazem pior, bem pior, e acham que isso é divertido, é o certo e é o engraçado e quem discordar, é fresco, é bobo ou imaturo. Se eu chegar a comentar qualquer coisa numa postagem nesse naipe, tenha a certeza que vão dizer que sou mal amada ou que ninguém me quer... Mas fala a verdade, dá pra se sentir bem vendo algo assim?


A post shared by Cafajestando (@cafajestando) on


Eu me nego a seguir um perfil que torna as mulheres um objeto, onde a única intenção é dizer quantas pegou, que amizade entre homem e mulher existe mas são amigos que na verdade você pode transar sem compromisso e continuar conversando de boa, como se nada tivesse acontecido, e se a mulher não se enquadrar no perfil que eles querem de beleza feminina, ela não é amiga, ela é uma stalker (pessoa que te segue sem você querer contato com ela, a menos que seja para se aproveitar de alguma forma), que amigos são aqueles que te acobertam de coisas muito erradas, é tornar o sexo e a sexualidade algo tão banal e me admira que ele tenha 2 milhões de seguidores. Daí você entende como nossa sociedade está atualmente.

Eu considero essa atitude tão doentia, tão absurda... Os caras tratam as garotas como se elas fossem tudo de mais importante na vida deles e quando finalmente conseguem o que realmente queriam, simplesmente descartam. E tem muita mulher que acha isso certo, e faz o mesmo e a gente tem que aceitar porque a geração de hoje é assim, os tempos mudaram, blá blá blá... Hoje pra ficar com alguém, primeiro você tem que mandar nude (sua foto mostrando seu corpo como veio ao mundo) e se não quiser mais nada com ela, faz ghosting (termo para deixar a pessoa no vácuo, bloqueando-a de todas as mídias sociais)... Fala sério? Como é bom ser das antigas. E me orgulho muito por isso.

Mas tem muita gente que fica realmente magoado por saber que foi enganado ou usado. Que a intenção era apenas "ficar" ou seja, uma transa apenas. Se foi legal a transa, pode até repetir, se não, é bloqueada. Todo mundo tem aquela ideia romantizada de encontrar o amor de sua vida, mas ninguém quer considerar o amor de sua vida uma pessoa que já deu pra vários... Nossa sociedade é mega machista, ela é baseada no "Eu posso, você não". É bem aí que eu considero o quanto essa mesma sociedade está mega doente. É legal se eu for o espertinho e me der bem, mas se alguém fizer algo contra mim, ah... Mas essa pessoa tem que pagar porque eu fui injustiçada...

Isso não é legal, estão deturpando valores para conseguir as coisas e não se importam com a carga emocional que deixarão na vida da pessoa que ficou. Se você não tem interesse numa pessoa, se sua intenção é algo superficial, CARAMBA, DEIXA ISSO CLARO PRA PESSOA LOGO! Quem faz joguinho, não passa de um covarde babaca! Dê à pessoa a opção de querer realmente ficar com você ou não.

Desafio da Baleia Azul

Deixando o povo tosco pra lá, voltemos então ao assunto do desafio da Baleia Azul...

O YouTuber Felipe Neto postou um vídeo muito bacana que ele comenta a respeito sobre depressão e fala também sobre um desafio muito, mas muito tosco e idiota mesmo chamado de Desafio da Baleia Azul.


Meus comentários sobre o que o Felipe disse são apenas esse: UAU! Imagina quando ele assistir ao seriado 13 Reasons Why? Espero que ele faça uma nova crítica a respeito.

Concordo praticamente com 100% do que ele disse. Só não foi na totalidade porque ele considera que quem faz esse "desafio" é uma pessoa que já está abalada de alguma maneira psicologicamente para aceitar fazer esse tipo de coisa, mas infelizmente, como pessoa que também foi diagnotiscada com depressão e ansiedade, eu tenho que dizer: NÃO. Às vezes, a pessoa é inocente demais mesmo, é criança ou adolescente que é meio bitolada mesmo das ideias, porque acredita que opinião de pai e mãe é besteira e eles é que sabem das coisas e acaba fazendo merda sem nem se tocar por tamanha inocência.

Ou aquele desejo de querer ser aceita num determinado grupo que ela considera como possíveis amigos e acaba caindo numa imbecilidade dessas...

Existe. Eu até hoje me considero muito inocente em determinados assuntos! Eu acredito que existam jovens que são influenciados a esse ponto, sim. Não aconteceu dia desses, onde milhares de pessoas que gastaram os bufo que nem tinha para ligar pro BBB pra garantir que fulana ganhasse e agora nem tem como pagar a conta do telefone? Pois com certeza tem gente abobalhada a esse ponto de achar que se não cumprir as etapas do desafio, elas poderão morrer ou vão matar a família dela.

De verdade, eu queria pegar essa pessoa demente que ameaça uma criança ou adolescente e dizer: Vem então, vem aqui. -- E colocar a polícia pra conversar com ele... Porque incitar uma pessoa a se matar para não correr o risco de não fazer nada com a família dela, é crime. É doentio. É desumano. É coisa do bicho ruim lá de baixo mesmo.

Mas o Felipe Neto foi muito feliz em ter a ideia de fazer esse vídeo porque eu tenho certeza que vai ajudar muitas pessoas a desistir dessa ideia idiota. Ao mesmo tempo que vai ajudar a identificar alguém que talvez esteja experimentando uma situação depressiva e não tem coragem de dizer pra ninguém.

Ele comentou colocando um link para que as pessoas pudessem buscar apoio e ajuda e bom, eu vou elencar também mais um link aqui, acrescentando o Ceará, para que nacionalmente as pessoas consigam buscar ajuda. Outra forma de conseguir maiores informações é jogar no Google:  Centro de Atenção Psicossocial - CAPS -- Certeza que você vai encontrar um endereço pertinho de você.

Se você não quer ajuda de alguém conhecido porque acha que não vão te ouvir ou te valorizar devidamente, procura esses canais de contato mencionados e vamos ver se a gente não encontra uma saída? Porque acredite, sempre tem uma saída. Hoje o dia pode não estar legal, mas isso vai passar. Mais cedo ou mais tarde, bom ou ruim, uma hora vai passar.

Para alguns estados brasileiros, o link que o Felipe compartilhou foi esse: Sem Transtorno

No Facebook, existem inúmeras comunidades e grupos de ajuda para pessoas que sofrem com esse tipo de problema e é também muito bacana ter esse apoio, como esses aqui:




Em Fortaleza, você pode encontrar maiores informações: Clique Aqui - Jornal O Povo


13 Reasons Why

Enquanto o Felipe Neto ainda não comentou porque não assistiu ao seriado, vamos às minha impressões assistindo a série. Ela é punk? É. Ela mostra o lado cruel de uma decisão como essa do suicídio, realmente é, e todo o impacto que isso pode causar...


Hannah é uma garota linda, que infelizmente foi enganada por um carinha que queria apenas curtir, ficar com ela... Lembra que a gente já conversou sobre isso logo acima? Pois é...

Então, por apenas ter dado um beijo no mané, o abençoado resolve dizer que foi mais além do que um beijo baseado numa fotografia maldosa que ele fez de um momento até bonitinho de tão inocente.

O que se sucede então, é um episódio após o outro piorando a fama da Hannah na escola, e consequentemente abalando-a por tamanhas injustiças. Ela tenta confiar nas pessoas, mas infelizmente sempre tem alguém babaca que pra poder se fazer de engraçadinho pro resto da galera, continua/piora a situação para ela.

Cansada por perceber que ninguém a compreende, que acham que ela é uma pessoa desequilibrada emocionalmente, cheia de dramas e vitimismos, ela então se fecha cada vez mais de uma maneira que ela não acha que sua vida valha alguma coisa. Ela acha que morrendo, fará um grande favor para quem ficar. Esse pensamento acaba se transformando em algo universal, todo mundo acaba se fechando e se sentindo assim por causa dessas interpretações...E isso é foda!

É muito difícil essa parte realmente porque você tenta conversar com alguém de sua confiança e quando menos espera, é traído. A pessoa debocha dos seus sentimentos, te considera abertamente uma pessoa doente, se afasta de você e faz suas próprias interpretações de tudo o que você confiou à ela mas sem se importar em buscar a veracidade da situação. 

E vale a pena tentar provar depois de tanta coisa ruim ter acontecido? Bom, a Hannah só viu essa saída quando resolver gravar as fitas k7 e contar a verdade que ela preferiu tirar a vida de tão insuportável que tudo havia se tornado.

Um seriado além deste que aborda tentativas de suicídio é o My Mad Fat Diary, (primeira temporada completa e legendada) onde a personagem Rae Earl lida com bulying, com transtornos de ansiedade e depressão porque não consegue emagrecer e se encaixar no grupo de descolados de sua escola.

Ela se apaixona pelo cara mais desejado da escola e nem desconfia que ele também se interessa por ela, exatamente como ela é. Ela passa por todo tipo de situação porque ela acha que tem o controle das coisas, mas quando menos espera, ela acaba se machucando, tanto emocionalmente quanto fisicamente, de uma forma que ela acha que é a sua punição por ter permitido cair em tal cilada.

Isso foi uma realidade que eu também vivi de alguma maneira enquanto adolescente. O bulying, como comentei em outros posts, infelizmente é algo que sempre foi presente na minha vida. Falar que incomoda, infelizmente é considerado vitimismo. Então a gente prefere se calar.

Mas a Rae é diferente da Hannah apenas por um motivo: Rae faz terapia. Hannah não chegou a esse ponto. Rae se feriu mas sua mãe conseguiu levá-la a tempo para o hospital e impedir o suicídio. Com a Hannah infelizmente não deu tempo... Mas ambas sofreram para ser aceitas, sofreram com bulying...

Muitos profissionais como terapeutas e psicólogos estão condenando o seriado porque 13 Reasons Why, mostra a realidade nua e crua para incitar a ideia do suicídio. Que por isso, ninguém acredita que poderá haver uma segunda temporada porque a primeira e única até o momento foi tão intensa, os personagens tiveram seus devidos fins, direta ou indiretamente, que não fazia sentido dar continuidade com esse título se a Hannah teve sua conclusão na série...O que eu também concordo nesse ponto.

Nesse link logo abaixo, você vai ver os 13 motivos porque não faz muito sentido haver uma segunda temporada e enfim, eu acredito que Alex e Tyler têm motivos para dar continuidade, além de que eu adoraria ver que o Bryce pagaria por sua safadeza e que eu não duvido nada que deve ter muito Bryce espalhado por aí...Mas também acho que o tema como 13 razões perderiam o sentido, né? Isso era com a Hannah...


Eu acho que para uma pessoa psicologicamente já abalada para assistir um seriado como esse, ela poderia assistir para entender como ficaria o mundo sem ela. A dor que nunca vai passar por essa perda. Que pela falta de comunicação, o pior aconteceu. Não creio que a pessoa assista e depois vá pensar: "Ah, então é assim? Pois eu vou fazer desse jeito!"

É claro que podem existir pessoas inocentes a esse ponto, mas no caso dos adolescentes, os pais devem saber o que seus filhos estão assistindo, devem conversar, falar abertamente os assuntos, evitar ao máximo censurar porque é exatamente isso que vai fazer com que eles não queiram te procurar.

A receita mágica pra evitar, o melhor é isso: comunicação. Se não consegue chegar com o assunto de que não está bem, que alguém te magoou, diga que não consegue dormir direito, que não está se sentindo motivado para nada. Diga que viu o vídeo do Felipe Neto falando sobre isso, convide a pessoa para assistir e informe que é isso que você está passando.

Ou então, liga o 141, do Centro de Valorização da Vida - CVV. Cá está o link do site, que você pode conversar com eles por lá em chat, ou ir pro Skype, enfim... Várias maneiras para você ter a oportunidade de conversar: Centro de Valorização da Vida

E como eu disse antes, isso que você está sentindo, esses problemas que estão acontecendo... Tudo isso vai passar... Mais cedo ou mais tarde. Cabe à você decidir quão cedo ou quão tarde eles terminarão. E não precisa ser findando sua vida. Sempre existe uma saída para cada problema neste mundo. Sempre tem.