sábado, 24 de setembro de 2016

Pilotar moto com apenas uma mão: Babaquice extrema...

Imagem meramente ilustrativa

Ultimamente tenho me deparado muito com situações como essa... Pessoas trafegando em suas motos com uma mão descansando na perna, e a outra segurando o guidão da moto...

Isso me incomoda demais!! E todos os dias, consigo contar pelo menos 10 cidadãos agindo assim.

Eu que dirijo um carro, já tenho que estar atenta a tudo ao meu redor, então não basta a tensão de não deixar despercebido um motoqueiro que me avançou de alguma forma em ponto cego, ainda tenho que lidar com galeras desse naipe que avançam em alta velocidade, segurando apenas um guidão da moto, se achando os "bichão"... Pense numa raiva que dá.

Dia desses, chamei a atenção de um buzinando pra ele e sinalizando que ele deveria estar com as duas mãos no guidão. Ele estava guiando obviamente de uma maneira que estava se aproximando de mim e eu tive de desviar quase arrastando meu pneu pro meio-fio... A resposta dele? O cara gesticulou o dedo pra mim, ficou me cercando, insinuando que ia bater no meu carro... Pra quê isso? E ainda tem gente que olha pra mim e me acha louca por não ter pena de motoqueiro irresponsável e imprudente nesse naipe que se lasca no chão. 

Eu tenho para-choque e para-lamas para me defender de uma colisão, vocês têm apenas seus braços e pernas... Acho bom terem mais bom senso no trânsito. Não queiram cortar passagens, não banquem os espertinhos pra arrancar na frente, não ultrapassem pela direita... Essas coisas que a gente aprende em autoescola. Tem gente que não tem muita paciência para "ditos inocentes" que estavam dirigindo tranquilamente quando de repente um louco no carro pegou...

E antes que os motoqueiros me cerquem nessa postagem, deixa só eu fazer um lembrete:

Não procure demonstrar habilidade, pilotando com apenas uma das mãos 



Muitos motociclistas relapsos, querendo demonstrar habilidade, pilotam usando apenas uma das mãos. É uma atitude displicente que os coloca em risco. Se precisar frear numa emergência, será preciso segurar a moto com as duas mãos, caso contrário, o tombo será certo. A fração de segundo necessária para se retornar as mãos ao guidão e acionar o freio podem fazer a diferença entre evitar ou não a colisão. Ademais, a exemplo dos automóveis, o CTB proíbe que se dirija com apenas uma das mãos. Assim fazendo, além de fragilizar a segurança, o condutor poderá ser multado (nota 39).

Nota:


39 - CTB, art. 244: “Conduzir motocicleta, motoneta e ciclomotor: 

VII - sem segurar o guidom com ambas as mãos, salvo eventualmente para indicação de manobras 
Infração - média; Penalidade – multa 80 UFIR.”